Que nada seja demais
quando o motivo for de menos.

Mônaco | 1960  (via o-teimoso)

Vou te transformar em poesia
para que de alguma forma
você seja minha.

Acalentava (via relevada)

As pessoas sempre foram insatisfeitas comigo, e eu sempre chorei por isso.

A Solidão de James.  (via d-espreparado)

Palavras ditas da boca pra fora,
Sentimentos guardados da boca pra dentro.

Marcello Henrique. (via sou-inseguro)

Vai chover de novo. Deu na tv que o povo já se cansou de tanto o céu desabar e pede a um santo daqui que reza a ajuda de Deus. Mas nada pode fazer se a chuva quer é trazer você pra mim. Vem cá que tá me dando uma vontade de chorar. Não faz assim, não vá pra lá, meu coração vai se entregar à tempestade. Quem é você pra me chamar aqui se nada aconteceu? Me diz, foi só amor ou medo de ficar sozinho outra vez? Cadê aquela outra mulher? Você me parecia tão bem. A chuva já passou por aqui, eu mesma que cuidei de secar. Quem foi que te ensinou a rezar? Que santo vai brigar por você? Que povo aprova o que você fez? Devolve aquela minha tv que eu vou de vez. Não há porque chorar por um amor que já morreu. Deixa pra lá, eu vou, adeus. Meu coração já se cansou de falsidade.

Los Hermanos.   (via capacitadora)

O ódio tem o poder de transformar.

Cartas dos Derrotados.  (via romeuemcrise)

Eu parei de te amar só ainda não sabia disso

Lua (via relevada)